Com um trator?

02jul08

Pois é. O terrorismo está ficando criativo… Hoje de manhã um sujeito dirigiu um trator de grande porte no principal eixo de Jerusalém, passou por cima de carros, derrubou um ônibus e matou quatro pessoas, deixou outras quarenta feridas. O tipo e o ineditismo do ataque deixou Jerusalém surpresa, no mínimo.

De repente, as pessoas têm a sensação de que já não se pode temer apenas homens-bomba ou atiradores. Qualquer indivíduo pode – basta querer – subir em um trator e dirigi-lo desgovernado até ser morto, como aconteceu com o sujeito de hoje, um árabe-israelense morador da parte oriental de Jerusalém.

As imagens do ataque, impressionantes, já chegaram ao YouTube, claro. O vídeo está bem ruim, porque foi feito com um celular (e eu imagino a adrenalina do sujeito que estava ali na hora), mas é possível ver o trator arrastando o ônibus. Cinqüenta pessoas estavam ali dentro naquele momento…

Ao saber do ataque, amiga minha perguntou se eu não tenho medo. Bom, é claro que quando até um trator pode ser uma arma para um ataque terrorista, ninguém está imune, em lugar nenhum. Mas eu moro em Tel Aviv, e expliquei pra ela que aqui isso não acontece. Não é questão de distância, como ela sugeriu, mas de mentalidade. Isso simplesmente não teria lugar em Tel Aviv.

Aproveito para deixar um vídeo da al-Jazeera sobre o atentado. Em inglês. Engraçado que o repórter diz que o terrorista era um residente da “Jerusalém oriental ocupada”, fala em “Cisjordânia ocupada” e entrevista um sujeito que diz ter matado o terrorista, o que não é verdade! O terrorista foi morto por um soldado e um policial que subiram na cabine do trator e dispararam contra ele.

Aqui vai um vídeo da rede CBS – o tom é o da surpresa pelo ataque inédito.

Mais sobre o novo capítulo do terrorismo palestino no Jerusalem Post, CNN, O Globo e Ha’aretz. E a entrevista com o sujeito que colocou fim ao ataque de hoje, no Ha’aretz, aqui.

Uns dias atrás, na final da EuroCopa, vi o lindo jogo entre Espanha e Alemanha em um boteco de Yaffo (a cidade, não a rua) chamado Hudna. A palavra, em árabe, significa cessar-fogo. Não pude não me lembrar disso hoje.



One Response to “Com um trator?”


  1. 1 Em série « CARTEIRO SEM POETA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: