Terrorismo?

03jul08

Passada a surpresa e o susto do incidente de ontem em Jerusalém, eu ouso cogitar que não se tratou de terrorismo, no final das contas. Ouso pensar que se o motorista daquele trator fosse judeu, o incidente todo seria tratado como um ato criminal, uma contravenção à lei etc, mas não como terrorismo. Talvez, como disse um colega, o sujeito estivesse apenas insatisfeito com o trabalho e teve um dia de fúria – que acabou mal, mas que não precisa ser catalogado como terrorismo. Embora a imprensa (especialmente a brasileira, copiando agências de notícia) tenha dado a informação de que grupos terroristas – desconhecidos – assumiram a autoria pelo ataque, não há nada confirmado.

Prefiro encarar o incidente como o que até agora ele é com certeza: o ato de um doido, que teve acesso sabe-se lá como a um trator de grande porte, e teve a fúria que precisava para pisar no acelerador e dirigir em alta velocidade contra motos, carros e ônibus pelo principal eixo de Jerusalém. Poderia ter sido bem pior, se ele tivesse chegado ao shuk, o mercado livre que fica a duas quadras dali, com centenas de pessoas enfurnadas em duas ruas estreitas. Mas ninguém sabe se ele realmente tinha a intenção de chegar até lá. Não estou defendendo o sujeito – para mim ele é, acima de tudo, um assassino, um criminoso. E precisa ser tratado como tal. Classificar o ato de terrorismo nesse momento é de uma irresponsabilidade ímpar.

De toda forma, a polícia, os políticos e a imprensa em Israel estão tratando o assunto dessa forma. Algumas manchetes de manhã seguinte na imprensa israelense:

Farra assassina em Jerusalém: cinco minutos, 500 metros, três mortos, 57 feridos. Olmert: “destruam a casa do terrorista em Jerusalém Oriental”. Terrorista foi atingido, se recuperou e matou a mãe de uma criança. Família do terrorista: ele é viciado em drogas, não se trata de um ataque terrorista. Força que parou a escavadeira: quatro policiais, dois guardas e um soldado. Moradores da rua Yaffo em Jerusalém não se surpreendem pelo fim da tranqüilidade.

Haaretz

Três mortos em ataque terrorista no coração de Jerusalém. Jovem que subiu no tratou e matou terrorista de Jerusalém Oriental: “M”, 20 anos, da unidade de combate “Egoz”, e cunhado de David Shapira, policial que matou terrorista da yeshivá Merkaz haRav. Shapira: “Estou orgulhoso por ele”. Farra assassina. Quando o trator ia em direção ao seu carro, Batsheva conseguiu soltar o cinto de segurança da filha, Efrat, e tirá-la do carro. Segundos depois, ela foi morta.

Ma’ariv

Trator sanguinário. Três mortos em ataque terrorista em Jerusalém. Herói. “Eu fiz o que deveria fazer, não sou um herói”, disse “M”, que matou o terrorista. Exército o recusou depois que ele atuou contra o plano de desconexão [da Faixa de Gaza] mas ele não desistiu e chegou a unidade de reconhecimento. Um parente matou o terrorista da yeshivá Merkaz haRav. Entre os mortos: professora de jardim-de-infância e professor.

Yediot Aharonot

E um vídeo em português, aqui.

A Fierj montou um clipping também classificando o incidente como terrorismo.

E vamos que vamos…



3 Responses to “Terrorismo?”

  1. 1 JANE GLASMAN

    Querido Gaby:
    1. É sempre um prazer “te ler”!
    2. Concordo com a tua linha de pensamento “and if”: realmente, se o acontecido tivesse como autor um judeu, seria visto de outra forma;
    3. Independente do autor, não deixo de considerar como terrorismo, o atentado perpetrado. É sim um ato de terror!
    4. O que muda, na consideração hipotética cambiando a autoria, é a VINCULAÇÃO – política ou não, anti-israeli ou não – não o teor do ato per se…
    O que achas?
    Jane

  2. Concordo com você, isso tá mais pra um assassino em seu dia de fúria do que pra ato terrorista.

    Mas principalmente aqui no Brasil, povo adora escandalizar tudo, então dizer que é terrorismo é muito mais fácil.

  3. 3 Li

    Passa o link do que vc falou ontem!
    Amo


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: